Facebook Google

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Como reduzir a inadimplência?

como reduzir a inadimplencia

O não recebimento de um pagamento em dia pode trazer graves consequências para a saúde financeira de uma empresa, além dos aborrecimentos e custos para recuperação dos títulos inadimplentes.

Nome Limpo

Antes de liberar a venda, a primeira coisa a se fazer é consultar os serviços de análise de crédito (SERASA, SCPC, cheques, etc) para conhecer a situação de seu cliente. A ideia dessa consulta é procurar por cheques sem fundo, sustados ou extraviados. Além disso, dá para descobrir se existe alguma pendência de pagamento ou títulos protestados.


Histórico de Pagamentos

Conseguir avaliar se um cliente é bom pagador ou não é muito importante. Isso só é possível se você tiver um banco de dados com toda a história de pagamentos. Esse banco de dados pode ser feito manualmente através de planilhas ou ser automatizado por sistemas de gestão.


Internet

Hoje em dia, quase nada escapa do Google. Faça uma busca online e tente descobrir "pistas" sobre a situação de uma determinada empresa. Busque por reclamações de clientes (sites como Reclame Aqui), procure imagens das instalações da empresa, tente localizar a trajetória profissional dos donos do negócio (Linkedin).


Cobrança Eficiente

Com o passar do tempo, fica mais difícil receber uma dívida. É muito importante ter uma forma de realizar a cobrança assim que o problema acontecer.

Existem soluções no mercado que automatizam essas tarefas de cobrança de maneira muito eficiente. É possível programar as ações que serão executadas automaticamente em função do tempo de inadimplência. A esse processo damos o nome de Régua de Cobrança. Vamos ao exemplo:

  • 05 dias de atraso: envie um SMS.
  • 10 dias de atraso: envie automaticamente um email para o cliente.
  • 15 dias de atraso: um operador de cobrança é acionado para entrar em contato com o cliente. 
  • 30 dias de atraso: envie o cliente para negativação (SERASA, SCPC, etc).





Dicas Gerais

  • Não consulte a ficha de crédito de seu cliente apenas na primeira venda, pois essa situação pode mudar. Faça novas consultas sempre que achar necessário.
  • Faça uma avaliação e veja se vale a pena manter um cliente em sua carteira que traz muitos problemas na hora de pagar. Isso evita ter de enfrentar um processo judicial no futuro para receber o que é devido.
  • Entenda cada caso de inadimplência que tiver, não trate todos as situações da mesma forma. É importante entender o motivo dos atrasos e oferecer alternativas para a regularização dos pagamentos (prorrogação de boletos, etc).
  • Faça uma visita presencial ao seu cliente. Apesar das buscas online trazerem muita informação, é sempre bom dar uma olhada nas instalações pessoalmente.
  • Em último caso, quando as dívidas se prolongarem muito, ofereça descontos para a quitação. É melhor receber uma parte do que não receber nada.



0 comentários:


Copyright © RDZ Sistemas - Sistema de Cobrança
Bloggertheme9