Facebook Google

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Como negociar dívidas em tempos de crise


By Equipe CEDRUS - 18/11/2020


Em momentos de crise econômica, quem tem como atividade principal cobrar, acaba tendo ainda mais trabalho. Primeiro, porque as dívidas podem aumentar por conta de uma perda de renda, por um contrato que não foi honrado ou mesmo na tentativa que pessoas e pequenas empresas têm de se reinventar para contornar a crise.

Como, então, as empresas, ou os setores, de cobrança podem atravessar este momento sem prejudicar seus resultados? Existem técnicas e abordagens que podem ajudar o operador de cobrança a negociar com seu cliente, seja ele pessoa física ou pessoa jurídica. Hoje vamos apresentar algumas para vocês.


1. Estabeleça uma Política de Cobrança para a empresa/setor e preveja uma ação de crise


A Política de Cobrança é uma diretriz, um combinado de ações que a empresa elege para lidar com os clientes inadimplentes. Possuir uma Política de Cobrança significa ter eficiência no processo de recuperação de valores das carteiras, ela é fundamental para que a área de cobrança saiba o que fazer em cada situação. Falamos bastante sobre ela neste texto aqui. Não se esqueça de prever na sua Política como agir em momentos de crise. Porque estar pronto para mudar a estratégia de maneira rápida faz toda diferença. Ter um processo flexível ajuda quando é necessário mudar de caminho com agilidade, como é necessário numa crise. 


2. Dê margem de negociação para seu operador, assim ele oferecerá condições melhores para os clientes


Ao contatar um cliente por e-mail ou telefone, o operador de cobrança está seguindo por uma estratégia de contato, que pode dar certo ou dar errado. Caso o e-mail seja respondido, ou cliente atenda o telefone, ele tem uma chance grande de resolver a pendência sem ter que entrar em contato mais vezes. Por isso, nesta janela de contato, é importante que o operador tenha margem de negociação, que ele tenha todas as informações deste cliente em sua tela, de forma clara e já com ferramentas que possibilitem atualização da dívida e possibilidades de pagamento. Assim, em uma mesma ligação ele aborda o cliente, explica a situação, propõe um acordo para o pagamento e já efetiva a negociação. Se o cliente não se sentir seguro e desligar, dizer que vai pensar, perde-se esta “janela de negociação”. Por outro lado, se o operador não tem margem de negociação e precisa transferir a ligação para um supervisor, por exemplo, pode perder o cliente neste meio de caminho. Encurte etapas!


3. Capriche nos argumentos e na proposta!


É interessante que os operadores estejam treinados para, além de negociar,  explicar da melhor forma possível o quanto o pagamento daquela dívida pode melhorar a vida financeira da pessoa ou empresa inadimplente. Explique para seus clientes que estar em dia com os credores dá mais oportunidade de crédito no futuro. Sempre demonstrando que a empresa não é inimiga do cliente, ambos perdem quando uma dívida não é paga.

Em situações de crise, um cliente que deve para sua empresa pode estar na mesma situação com seus outros fornecedores. Sendo assim, ele acaba “escolhendo” quem vai pagar. Neste momento, a melhor proposta tende a entrar na fila de pagamentos primeiro, porque o cliente vê um benefício de efetuar o pagamento naquele momento.


4. Dê autonomia e não intimide o seu cliente


Cobrança é um movimento necessário e delicado. Sempre temos que prezar pela boa educação e cordialidade. Principalmente com consumidor final (pessoa física) pois a lei estará ao lado dele caso a empresa de cobrança o intimide ou tente confundi-lo numa negociação. Uma alternativa que pode ajudar empresas que reduziram custos ou que preferem limitar o contato dos operadores com os clientes, pode ser um serviço de autonegociação, onde a empresa credora estabelece os critérios de negociação (valor, prazo, juros) e o cliente acessa por meio de um link o sistema para negociar o pagamento da própria dívida. 


5. Comunicação clara, sempre!


A melhor forma de transmitir credibilidade é sendo claro. Por isso revise no contrato quais são as taxas e multas previstas e relembre seu cliente. Apresente na forma de cálculos o quando postergar este débito pode impactar a saúde financeira da família/ empresa. 

Por fim, tenha sempre atualizado o percentual de inadimplência que a sua empresa suporta. Falamos sobre ele aqui neste texto, mas, basicamente, consiste em ter mais clareza e previsibilidade do impacto da inadimplência sobre o caixa. Este percentual fundamenta a tomada de decisão de que estratégia usar para reaver valores e quais clientes são mais importantes de serem cobrados primeiro. 

Agora você já tem algumas ideias de como atacar o monstro da crise na área de cobrança.


Bons negócios e até a próxima. 



Sistema de Cobrança

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Como evitar fraudes de pagamentos por boletos falsos


 By Equipe CEDRUS - 19/09/2020


A Equipe CEDRUS/ERPNOW vem alertar os seus clientes sobre golpes que são aplicados visando alterar boletos salvos no seu computador, de forma que o pagamento do boleto tenha como beneficiário final o fraudador ao invés da empresa emissora do boleto original.

Os fraudadores alteram o layout do seu boleto original para inserir uma linha digitável que leve o pagamento à uma conta corrente fantasma dos golpistas no lugar da conta original, pertencente ao beneficiário do boleto. Esse tipo de fraude entra em ação através de programas ocultos instalados por vírus e outros malwares de computador no momento da abertura ou impressão do boleto.


Como me protejo desta ameaça aos meus boletos?


    • 1. Tenha sempre um bom antivírus de sua confiança instalado e devidamente atualizado no seu computador, assim como softwares de segurança.

    • 2. Tome cuidado com a instalação de extensões nos navegadores dos computadores de todos os que trabalham com os boletos da empresa. Mantenha somente extensões provenientes de empresas de boa reputação e com experiência no mercado; Extensões são barras de busca instaladas no Google Chrome ou Firefox, por exemplo. 

    • 3. Peça ao seu cliente/devedor que sempre confira os dados do boleto antes da confirmação dos pagamentos. Então: o nome do Beneficiário precisa ser o mesmo do registro da sua empresa no banco. Caso o cliente/devedor encontre alguma divergência nesta ou outras áreas do boleto, peça que entre em contato com sua empresa antes de realizar o pagamento.

    • 4. Preste atenção no layout do Boleto, para identificar supostas alterações, conforme a imagem abaixo:





    • 5. Prefira enviar o boleto diretamente pelo seu sistema. Imprimir o boleto, salvar e depois anexar o boleto cria situações mais vulneráveis à atividade dos golpistas.


Os sistemas CEDRUS/ERPNOW seguem rigorosos padrões de segurança para garantir a integridade dos boletos gerados pelos mesmos. Contamos com a colaboração dos nossos clientes para que sigam  o mesmo padrão de segurança. Não nos responsabilizamos por eventuais fraudes geradas nos boletos bancários enviados a clientes e devedores por fora dos nossos sistemas (item 5 da lista de recomendações acima). 


Consulte mais informações sobre fraudes de boletos nos links abaixo:


IDEC - Instituto de Defesa do Consumidor: http://bit.ly/idec-fraudes-boleto


Até mais,



Sistema de Cobrança

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Novidade - Configuração de Horário de Acesso ao Sistema

By Equipe CEDRUS - 26/08/2020

Temos mais uma novidade para você!

O trabalho remoto enfatizou a necessidade de controlar as atividades dos operadores. Por  isso, disponibilizamos uma nova funcionalidade que possibilita a restrição, de dia e horário, ao acesso no CEDRUS. Desta maneira você controla melhor quem deve ou não acessar o Sistema em determinados períodos. 

Para efetuar essa configuração, acesse o Menu Configurações / Usuário / Usuários /  clique no botão “Opções”, localize o usuário que deve ter o cadastramento alterado,  depois clique em “Horário de Acesso”. 




Nesta tela, você pode cadastrar os dias e horários permitidos para o trabalho:



É possível configurar dias e horários diferentes para um mesmo operador acessar o Sistema, por exemplo:


    • 1. segunda à sexta - 9h às 15h
    • 2. sábado - 9h às 13h


Para isso, inclua a primeira faixa e depois clique em “Salvar e Inserir Novo” para, então, cadastrar a segunda faixa de dia/hora.





Importante: O perfil ADM (Administrador) tem acesso livre ao Sistema e a todas as telas e botões, ou seja, apenas os outros perfis terão a possibilidade de cadastrar dia e horário de acesso. Se você tiver algum usuário que deve ter acesso a todas funcionalidades do sistema, mas também tem restrição de dia e horário, crie um novo perfil para ele diferente de ADM. Inclua todas as permissões necessárias e, então, defina que dias e horários ele pode acessar.


Agora você sabe como cadastrar os dias e horários que os usuários podem acessar o sistema.


Até mais!



Sistema de Cobrança


quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Novidade: Plataforma de Negociação Online do CEDRUS

Novidade: Plataforma de Negociação Online do CEDRUS
By Equipe CEDRUS - 13/08/2020

Estamos muito animados com esta novidade!!!

Você já pensou em enviar um link para o devedor e ele efetuar a negociação de débitos sozinho?

Sim, agora é possível a partir da Plataforma de Negociação Online do CEDRUS. Não tem como não ficar animado com esta novidade, não é?

Veja abaixo como funciona:

Os nossos clientes poderão disponibilizar o link da plataforma para o devedor e ele efetuará o acesso através do  CPF



Após efetuar o login, o devedor poderá selecionar os títulos que quer negociar naquele momento, conforme a tela abaixo:



Importante: Os títulos serão corrigidos conforme a parametrização efetuada na tela de Configuração do Negocia Online. Para saber como funciona esta parametrização clique aqui.

Após selecionar os títulos que serão negociados, o devedor clicará no botão “Continuar”. A próxima tela demonstrará as negociações disponíveis para este devedor, estas negociações já foram previamente cadastradas nas configurações da plataforma também.

No exemplo abaixo o devedor tem 4 possibilidades e precisa escolher uma para continuar a negociação.


  1. opção: à vista com desconto
  2. opção: entrada e mais 1 parcela com juros sobre a parcela
  3. opção: entrada e mais 2 parcelas com juros sobre a parcela
  4. opção: entrada e mais 3 parcelas com juros sobre a parcela

Após escolher a melhor negociação, basta clicar em “Continuar”. Nesta etapa o devedor poderá escolher as formas de pagamento disponíveis que podem ser boleto ou cartão de crédito. Para usar o meio de pagamento cartão de crédito é necessário utilizar a nossa Plataforma de Pagamento, para saber mais clique aqui.



E o próximo passo será escolher a data de vencimento para a entrada. 




O devedor deve confirmar o e-mail ou incluir um outro e clicar novamente em “Continuar”.




Na próxima etapa é possível visualizar a negociação e confirmar ou voltar, caso seja necessário alterar alguma informação.



Após a confirmação da etapa anterior a negociação é efetivada. O devedor receberá o Termo de Acordo e os boletos por e-mail, caso a negociação tenha sido por esta forma de pagamento, mas também é possível fazer o download no final deste processo.


A negociação também é efetivada dentro do CEDRUS e pode ser visualizada nos relatórios e/ou tela de Consulta Acordos do Menu Cobrança.

Viu como ficou intuitivo e fácil a negociação pelo próprio devedor?

Para ter acesso a nova ferramenta acesse o Menu Plano / clique em Valores Contratados / em Cobrança Adicional escolha o serviço e clique no botão “Liberar”. Desta maneira a Negociação Online estará disponível para que você possa melhorar ainda mais a sua recuperação de valores e clientes.


Até a próxima!

Sistema de Cobrança


Configurações - Plataforma de Negociação Online do CEDRUS

Configurações Negocia Online do CEDRUS
By Equipe CEDRUS - 13/08/2020

Agora o CEDRUS possui uma plataforma online de negociação de débitos onde o devedor pode optar pelas formas de pagamento e condições sozinho, apenas seguindo as etapas da ferramenta e escolhendo as opções parametrizadas pela equipe de cobrança.

Neste texto vamos explicar o passo a passo para efetuar a parametrização das campanhas de negociação no Negocia Online - Plataforma de Negociação Online do CEDRUS.

Para acessar a tela de configurações da campanha acesse o Menu Configurações / Cadastros / Configuração Negocia Online.  





Nesta tela é possível incluir, pesquisar ou excluir campanhas. Essas possuem as regras de negociação, como quantidade de parcelas, descontos, atualização de saldo e credor disponível para a negociação online.

Você pode criar mais de uma campanha com credores diferentes, caso as regras de negociação sejam outras.

Para criar uma campanha clique no botão “Novo”.



Inicie o cadastro da campanha com as informações abaixo:

    • Código: inclua um código para a campanha;
    • Descrição: escreva uma breve descrição;
    • Correção Monetária: marque a correção se você utilizar;
    • Multa: inclua o % de multa;
    • Juros: inclua o % de juros;
    • Honorários: podem ser incluídos em % ou em R$;
    • Usuário para contato: caso o Termo de Acordo tenha o coringa #NOME_USUARIO#, esta informação será substuida pelo pelo usuário selecionado neste campo.
    • Template de e-mail: selecione o template de e-mail que deve ser enviado para o devedor com o Termo de Acordo e os boleto(s) após a finalização da negociação. 
    • Termo de Acordo: Associe um Termo de Acordo para esta campanha ou deixe em branco para que seja utilizado o Termo de Acordo cadastrado na configuração de Credor.
    • Usuário de Aviso: selecione um usuário que deve ser notificado pelo sistema quando um negociação for efetuada com sucesso ou erro.
    • E-mail de Aviso: inclua uma e-mail que deve ser notificado quando uma negociação for efetuada com sucesso ou erro.


A partir de agora você poderá cadastrar as condições de parcelamento e descontos:


    • Desconto pagto à vista: (%): caso esta campanha tenha desconto para pagamento à vista, o % deve ser incluído neste campo;
    • Max. Dias Vencto: inclua a quantidade de dias máximo para o vencimento da primeira parcela;
    • Entrada Mín.: (%): inclua o % mínimo para o valor da entrada na negociação; 
    • Max. Parcelas: neste campo deve ser informado o número máximo de parcelas permitidas nesta campanha. Após a inclusão desta informação, clique no botão “Config. Parcela”, para que apareçam as parcelas e seja possível incluir o % de juros e/ou desconto sobre cada parcela da negociação, se existir. Basta clicar no botão “Editar” .


Depois disso escolha a Forma de Pagamento e Portador:




Importante: 
  1. Só é possível utilizar a IUGU com os meios de pagamento boleto e cartão de crédito se você utilizar nossa Plataforma de Pagamentos, para saber mais clique aqui.
  2. Caso um ou mais credores utilizem um portador próprio (uma conta corrente específica para emissão boleto) deve ser criada uma campanha específica para ele, para que seja possível cadastrar o portador específico para aquele credor.
  3. Lembre-se que o devedor só conseguirá efetuar o pagamento do boleto depois do registro do mesmo, ou seja, quando for utilizado o boleto do seu próprio Banco, será necessário efetivar o registro o quanto antes dos boletos emitidos. Uma solução para isso, é habilitar a troca de arquivos bancários de forma automática, para saber mais abra um chamado


Na etapa abaixo é possível cadastrar uma mensagem para o campo “Dúvidas” do Negocia Online para acesso do devedor.



O próximo passo será associar o Credor a esta campanha, ou seja, todos os credores marcados nesta campanha terão estas condições para os seus devedores na negociação online. 




Agora você já sabe como criar as campanhas de negociações para a Plataforma Online. Caso você ainda não tenha acesso a ferramenta,  acesse o Menu Plano / clique em Valores Contratados / em Mensalidade escolha o serviço e clique no botão “Liberar”.


Até a próxima!



Sistema de Cobrança


quarta-feira, 15 de julho de 2020

Como abrir arquivos CSV no Excel sem perder a formatação

By Equipe CEDRUS - 15/07/2020

Muitas vezes, depois de salvar um arquivo no formato CSV e abri-lo no Excel, este arquivo perde a formatação original nas células com números muito longos, ou seja, o arquivo assume a formação do Excel, conforme abaixo: 



Com o arquivo desformatado assim, não é possível compreender as informações contidas nele. Por isso, preparamos este tutorial para que você abrir o seu arquivo CSV no Excel, mas mantendo a formatação original. Veja abaixo passo a passo de configurações do Excel para abrir corretamente os dados de um arquivo .csv:


1. Abra o Excel, o programa, e não um arquivo em Excel e selecione o Menu Dados e em seguida a opção “Obter Dados Externos” > “De Texto”.



2. Nesta tela, selecione o arquivo original que você gostaria de abrir e clique em “Importar”, depois marque a opção “Delimitado” e clique no botão “Avançar”.





3. Nesta tela, marque a opção “Ponto e Vírgula”. Na barra de rolagem você pode visualizar se alguma coluna já está sem a formatação original, se isso aconteceu, após selecionar o "Ponto e Virgula",  é porque esse arquivo já não está com a formatação correta, feche e abra o arquivo original que contém os dados corretos. Faça o procedimento novamente, se estiver tudo ok, clique no botão “Avançar” para continuar.





4. Nesta tela procure a coluna que perdeu a formatação quando você abriu o arquivo anteriormente, sem fazer este processo e mude o formato para “Texto” e depois clique no botão “Concluir”.





5. Quando abrir a tela de “Importar dados”, clique no botão “Propriedades”.





6. Agora desmarque a opção “ Preservar configurações de célula”, depois clique no botão “OK”.





7. Clique novamente no botão “OK” na tela de “Importar Dados”.





Pronto! Configurando desta maneira você manterá a formatação original do arquivo CSV e poderá conferir os dados no excel quando achar necessário.  Esse passo a passo pode ser utilizado para qualquer sistema que você utiliza, que gere arquivos em CSV, e que precisa ser aberto em Excel. 



Até a próxima!



Sistema de Cobrança


quinta-feira, 11 de junho de 2020

Relatório de Retorno IUGU

Atualizado by Equipe CEDRUS - 07/01/2021

Como você sabe o CEDRUS tem uma Plataforma de Pagamentos, a plataforma utiliza a IUGU para emissão e cobrança via boleto e/ou cartão de crédito. Se você já usa a plataforma de pagamento ficou muito fácil consultar o retorno das transações efetuadas, valores a serem repassados e as taxas cobradas. Basta você acessar o Menu Relatórios / Operação / Retorno IUGU.



Nesta tela você pode selecionar a Ocorrência, tipo de pagamento, status e datas do evento, pagamento ou crédito. 


Veja abaixo as informações que estão disponíveis neste relatório:

    • Data: data da emissão da cobrança
    • Seq. de retorno: número do arquivo
    • Título: número do título 
    • Negociação: número da negociação
    • Parcela: número da parcela
    • ID IUGU: código da IUGU para a parcela
    • Devedor: código do devedor
    • Ocorrência: ocorrência apontada pelo IUGU (Cancelamento, pago, devolvido, expirado)
    • Tipo: boleto ou cartão
    • Data pgto: data de pagamento
    • Data Prevista de crédito: data prevista de crédito no banco
    • Valor pago: valor pago
    • Valor desconto: valor de desconto
    • Valor juro: valor dos juros se foi pago em atraso
    • Valor taxa: valor da taxa 
    • Valor líquido: valor pago menos o valor da taxa
    • Status: status da transação (Erro ou Finalizado)
    • Mensagem: mensagem apontada pela IUGU


Conheça um dos layouts prontos que o CEDRUS já disponibiliza para este relatório.

Layout - CEDRUS:  Dt. Crédito x Valor


Neste layout é possível acompanhar por data de crédito os valores repassados.

Lembre-se, o CEDRUS já disponibiliza modelos de layouts prontos para facilitar as suas análises, mas você ainda pode criar outros modelos que atendam especificamente ao seu dia a dia.

Agora você já conhece mais um dos relatórios do CEDRUS e pode avaliar ainda melhor os seus processos de cobrança!


Até a próxima!



Sistema de Cobrança



Copyright © RDZ Sistemas - Sistema de Cobrança
Bloggertheme9