quinta-feira, 16 de maio de 2024

Desenrola voltado para microempresa e pequenas empresas

 


By Equipe CEDRUS - 29/04/2024


No dia 22 de abril, o governo lançou o programa para negociação de dívidas de micro e pequenas empresas. Como foco em dívidas bancárias, foi chamado de “Desenrola” dos pequenos negócios tem como foco os microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e pequenas empresas com faturamento bruto anual de até R$ 4,8 milhões.


As negociações terão juros abaixo dos praticados pelo mercado, com descontos às empresas. Espera-se assim auxiliar as cerca de 6,3 milhões de micro e pequenas empresas, inadimplentes em janeiro de 2024, segundo o Serasa Experian.


Para que essas dívidas sejam negociadas, elas serão asseguradas pelo Fundo de Garantia de Operações (FGO), que garantirão o pagamento da dívida aos credores, mesmo que as parcelas negociadas não sejam quitadas. O valor poderá ser renegociado até o fim de 2024. Quem está inadimplente no Pronampe poderá renegociar as dívidas com os banco.


Empresas que tenham mulheres empresárias como sócias majoritárias ou empreendedoras terão um limite da concessão de crédito, em um valor que represente 50% do faturamento bruto anual.


Assim como o Desenrola Brasil, voltado para as pessoas físicas, sua empresa pode se beneficiar desse programa, já que é um bom momento para cobrar pessoas juridicas inadimplentes dentro da faixa indicada.


Assim, você pode sistematizar a sua cobrança para poder cobrar aqueles clientes que estão inadimplentes e, pegando o ganho o Desenrola e pensando em uma campanha específica para receber mais. Para isso, colocamos aqui novamente o passo-a-passo que vai ajudar você:


1. Organize a sua carteira de clientes inspirado no Programa, ou seja, por valor da dívida, por origem do crédito e por data da inadimplência.


2. Faça a higienização e o enriquecimento de dados dos seus clientes para garantir que falará com a pessoa certa em poucas ligações/e-mails.


3. Segmente seus clientes e separe seus operadores de cobrança de acordo com suas metas de atendimento e recuperação.


4. Foque nas dívidas mais recentes da sua carteira, quando o cliente se lembra da dívida fica mais fácil convencê-lo de pagar. 


5. Ofereça prazos especiais para dívidas grandes, focando em recuperar o consumidor para usar crédito novamente no futuro.


6. Planeje descontos para dívidas menores de forma que fique irresistível pagar o que se deve em troca de ter o nome limpo no mercado a curto prazo. 


7. Monitore tudo! Usando um Sistema de Cobrança você consegue acompanhar o avanço da sua equipe de negociação e avaliar se as estratégias estão dando certo! 



Até a próxima! 




0 comentários:


Copyright © RDZ Sistemas - Sistema de Cobrança
Bloggertheme9